segunda-feira, 22 de março de 2021

OAB-MA ajuíza ação contra Maranhão por baixo percentual de vacinação

A Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão – OAB-MA ajuizou ação civil pública contra o Estado do Maranhão requerendo a apresentação obrigatória, em até 05 dias, do cronograma de aquisição de vacinas.

Na mesma ação a Ordem requer ainda a reinstalação de um hospital de campanha exclusivo para Covid-19 em São Luís com, no mínimo, 200 leitos, sendo 186 clínicos e 14 de Unidade de Terapia Intensiva – UTI.

A OAB cobra ainda que o Estado do Maranhão apresente documentos que que comprovem quais as providências tomadas no sentido de adquirir novos imunizantes, e os dados de monitoramento da aplicação das vacinas pelos municípios.

“Não conseguimos avançar no processo de imunização de nossa população e temos visto a cada dia os números de infecção e de mortes aumentando. Soma-se a isso o fato de que estamos as portas do colapso na rede pública e privada de saúde”, declarou o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade