terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Em plena pandemia, prefeito está preocupado em aumentar salário

 

Felipe dos Pneus, o novo velho de Santa Inês

Há um mês no cargo de prefeito de Santa Inês, Felipe dos Pneus já provou quais são seus reais interesses à frente do executivo municipal: favorecimento próprio e de seus aliados.

Felipe dos Pneus enviou um Projeto de Lei à Câmara Municipal para que fosse aprovada a atualização monetária dos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários municípios. O PL deve ser apreciado nesta quarta-feira (3), em caráter de urgência.

O recém prefeito alega no texto que os valores são resultado da correção da inflação dos últimos quatro anos. A “defasagem” é de 23,77%. Felipe dos Pneus mal chegou e já está querendo lapidar os cofres públicos.

Enquanto a preocupação de muitos está no enfrentamento à Covid-19, Felipe dos Pneus prova que está mais preocupado em encher seu próprio bolso e dos seus aliados mais próximos.

Caso seja aprovado o Projeto, o prefeito receberá a quantia de R$ 27.229,40; o vice-prefeito, R$ 16.614,70; os secretários municipais, R$ 12.377,00; e os secretários adjuntos, R$ 6.188,50. Passando a ser um dos gestores municipais maranhenses mais bem pagos.

Além de aumentar os salários, Felipe dos Pneus tem articulado para criar cargos comissionados com salários bem generosos aos seus correligionários. No PL, o prefeito ainda pede oito assessores especiais, cada um com salário de 5 mil reais. Sem contar com outros cargos do gabinete, com salários entre R$ 2 mil e R$ 4 mil.

Além de toda a farra com o dinheiro público, Felipe dos Pneus ainda emprega parentes e pessoas do convívio familiar. A exemplo da secretária de Administração, Talihina Carvalho, que é sua irmã; e da titular da pasta de Saúde, Maria Rita, que é esposa do seu tio Carlos Alberto.

Para quem atacou a velha política e se comprometeu em ser a mudança para Santa Inês, durante a campanha, Felipe dos Pneus tem mostrado que é o novo da velha conjuntura. Lamentável a postura do prefeito. Vamos acompanhar os próximos passos do gestor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade