quinta-feira, 8 de julho de 2021

Operação “Red Fall” prende 18 envolvidos em homicídios que atuavam em Imperatriz

Uma mega operação, batizada de “Red Fall”, foi deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (7), com o objetivo de dar cumprimentos a vários mandados de prisão e de busca e apreensão contra uma organização criminosa responsável por vários homicídios na cidade de Imperatriz.

Foto Divulgação

A operação se originou a partir de três inquéritos que investigavam homicídios e uma organização criminosa com atuação na cidade de Imperatriz. A ação tem como proposito desmontar a estrutura da organização criminosa que age na região tocantina com as prisões dos executores de homicídios e mandantes de crimes contra a vida. Ao total foram 18 pessoas presas, incluindo duas prisões em flagrante, sendo grande parte em Imperatriz e as demais prisões em São Luís e Pedreiras. Na capital maranhense, três mandados de prisão foram cumpridos contra alvos que já estavam presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

A operação contou com a participações de cerca de 100 policiais civis do Departamento de Homicídios de Imperatriz, Caxias e Timon, além da Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), da Superintendência de Estadual de Investigações Criminais(SEIC) e da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) de São Luís. O Centro Tático Aéreo(CTA) também deu apoio a operação.

Como resultado da operação foram apreendidas várias armas de fogo, munições de diversos calibres, entorpecentes, uma quantidade relevante de dinheiro em espécie e vários aparelhos de celular que devem passar por pericias para identificar outras ramificações da quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade