quarta-feira, 7 de julho de 2021

Dois suspeitos de cometerem homicídio em Pedreiras são presos pela Polícia Civil em Imperatriz

Dudu e Jesuslene foram executados a tiros em Pedreiras e Trizidela do Vale.

Um trabalho conjunto da Delegacia Regional de Pedreiras e a Polícia Civil em Imperatriz, através da troca de informações, resultou nesta terça-feira (06) na prisão de dois indivíduos suspeitos de cometerem homicídios em Pedreiras.

Entre os presos está um jovem conhecido como "Luquinhas", suspeito de cometer vários crimes, entre eles, um homicídio de um jovem identificado como Carlos Eduardo Araújo de Maria, conhecido por "Dudu".

Carlos Eduardo tinha 26 anos e trabalhava como motoxaxista. Ele foi morto com pelo menos cinco tiros por volta das 13:00h do dia 01 de março deste ano na região do Santo Antônio dos Oliveiras, em Trizidela do Vale, quando foi perseguido por dois indivíduos e executado.

Um outro homem, identificado como Carlos Johnson Vieira Gomes, 26 anos, que também teria envolvimento com o assassinato de "Dudu", foi encontrado morto neste final de semana, também em Imperatriz.

Carlos Johnson foi encontrado morto em Imperatriz com sinais de violência.

O outro indivíduo preso foi identificado apenas por "Adielson", suspeito de ter executado uma mulher identificada como Jesuslene dos Santos Ferreira, conhecida por "Lene".

Jesuslene dos Santos foi assassinada com pelo menos três tiros na madrugada do dia 27 de junho de 2020 na região da Feira do Peixe, em Pedreiras.

Na época do crime, a Polícia Civil chegou a acreditar que o assassinato de "Jesuslene" tivesse relacionada a divida com drogas.

Não foi informado se os dois individuos presos serão encaminhados para a Penitenciária Regional de Pedreiras, ou se permanecerão presos em Imperatriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade