sexta-feira, 25 de junho de 2021

Suspeitos do duplo homicídio de mãe e filha no Pará são presos no Piauí

Policiais civis do Pará cumpriram mandados de prisão nesta sexta-feira(25) em Teresina e Picos contra suspeitos de participação de um duplo homicídio ocorrido em Marabá-PA, em novembro. Um dos suspeitos foi preso na zona Sul de Teresina, na casa da mãe. 

A operação, desencadeada no Pará, prendeu seis pessoas em seis cidades diferentes, quatro delas do estado paraense: Marabá, Mãe do Rio, Santa Isabel e Castanhal, além das duas cidades piauienses. 

A operação “Vila Rica” cumpriu três mandados de prisão preventiva, busca e apreensão e autuou outras três pessoas em flagrantes por posse ilegal de arma de fogo. 

De acordo com a Polícia Civil do Pará, os três presos com mandado de prisão expedido, são investigados pelo duplo homicídio qualificado, cometido contra Vanuza da Silva Barbosa e Jacsiane Barbosa de Moura, mãe e filha (respectivamente), no mês de novembro de 2020, na Chácara Vila Rica, localizada na Vicinal do Medalhão, Zona Rural de Marabá. 

“Durante as investigações realizadas pela Delegacia de Homicídios de Marabá, várias medidas cautelares foram tomadas com depoimentos e apreensão de documentos, os quais apontaram a existência de complexa trama criminosa, motivada pelo desejo de posse e ganância”, informou a nota da Polícia Civil. 

A Força-tarefa, que começou durante as investigações, foi acompanhada de perto, pelo Delegado-Geral da Polícia Civil, Walter Resende. "Esse caso chamou nossa atenção pela audácia do mentor, que inclusive, esteve presente no velório das vítimas. Em depoimento, o homem deu relatos que não nos convenceram. A prisão dessas pessoas, representa uma resposta firme e contundente de todo o sistema de segurança pública do Pará para a sociedade", disse Resende, sem revelar qual a relação do suspeito com as vítimas.

Na ação foram apreendidos; quatro armas de fogo, aparelhos celulares e documentos, os quais serão analisados e periciados para compor o acervo probatório.

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Teresina deu apoio à Polícia Civil do Pará na prisão na capital piauiense. 

O crime

A ex-secretária municipal de Turismo de Marabá, Vanuza da Silva Barbosa, 41 anos e Jacsiane Barbosa de Moura, 25 anos, foram mortas na noite de domingo, 29 de novembro de 2020, por disparos de arma de fogo, enquanto estavam na chácara, que funciona como um bar e conveniência. Vanuza foi atingida na cabeça e Jacsiane na região do tórax.

Foto: Reprodução redes sociais

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade