sábado, 29 de maio de 2021

Maio Amarelo: fiscalização e cadeirinha podem ter salvo a vida de duas crianças na BR-222/MA

Um veículo passeio se envolveu em acidente na rodovia momentos após ter sido abordado e obrigado a providenciar cadeirinha para duas crianças transportadas no banco traseiro. Ninguém se feriu no acidente.

Uma fiscalização de trânsito durante a campanha Maio Amarelo realizada na Unidade Operacional da PRF de Imperatriz pode ter feito toda a diferença para duas crianças transportadas em lum Ford/ KA SE 1.0 HA, branco, que se acidentou entre Açailândia e Bom Jesus das Selvas.

Como aconteceu: a fiscalização

Na manhã de sexta-feira, 28 de maio de 2021, na UOP de Imperatriz, localizada no km 260 da BR-010, região tocantina, o veículo FORD/KA, branco, supracitado, que viajava de Imperatriz para Bacabal passando pela BR-010, BR-222 e pela BR-316, foi abordado durante uma fiscalização em alusão à Campanha Maio Amarelo, realizada em todo o país com objetivo de prevenir acidentes de trânsito e salvar vidas.

Os policiais perceberam que os dois adultos que ocupavam os bancos dianteiros, o condutor e uma passageira, usavam o cinto de segurança. No banco de trás estavam um adulto e duas crianças, uma de dois anos, ocupando um bebê conforto, quando o dispositivo de retenção
regulamentado é a cadeirinha. A outra criança, de seis anos de idade, estava solta, sem nenhum dispositivo de retenção.

A equipe policial autuou o condutor com uma multa gravíssima e pediu que o mesmo sanasse o problema. Minutos depois uma cadeirinha foi levada, e as crianças continuaram a viagem protegidas.

Como aconteceu: o acidente

A família seguiu viagem rumo a Bacabal quando, em dado momento o condutor perdeu o controle do veículo, que saiu de pista e capotou. Houve somente danos materiais. Ninguém se feriu.

Veículo voltou rebocado

No período da tarde, o mesmo veículo trafegava de volta pela BR-010 em cima de um caminhão prancha, quando foi abordado novamente pela equipe. O condutor informou do ocorrido e reconheceu a importância do uso adequado dos dispositivos de retenção, sendo o bebê conforto para criança de até um ano, a cadeirinha para crianças de dois a cinco anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade