quarta-feira, 28 de abril de 2021

Aconteceu no último sábado dia 24 de abril a celebração pelo quinto aniversário do movimento cultural jovem Coletivo Núcleo

Aconteceu no último sábado dia 24 de abril a celebração pelo quinto aniversário do movimento cultural jovem Coletivo Núcleo.

Com repercussão positiva em Codó, Caxias, Vargem Grande, Timbiras, Coroatá, Itapecuru, São Luís, Teresina, Goiás e na Bahia a live chamou muita atenção pela qualidade técnica da equipe da RS Studio Produções além do trabalho feito pela equipe da Ribeira Net, todos eles parceiros essencias na realização do evento.

Desse modo a live “COLETIVO NÚCLEO – 5 anos” que está disponível no canal Blog do Acélio no Youtube chamou a atenção dos produtores da Rádio e TV Quilombo e será reapresentada no formato programa de rádio, ou poadcast, do território quilombola Rampa na cidade de Vargem Grande.

Sobre essa iniciativa ouvimos RAIMUNDOJOSÉ DA SILVA LEITE, o RAIMUNDO QUILOMBO ou DUNGA como é conhecido em sua comunidade.

– Raimundo Quilombo, por que apresentar a live de aniversário do Coletivo Núcleo a comunidade do território de Rampa?

O PRINCIPAL ITEM DA RETRANSMISSÃO DA LIVE TOP DO COLETIVO NÚCLEO CODÓ É O ESPÍRITO DE LUTA QUE TEM DE PROMOVER MUDANÇA NA VIDA DA JUVENTUDE, POIS A JUVENTUDE TRANSFORMADA SABEMOS QUE TEM O PODER DE TRANSFORMAR TAMBÉM A VIDA DOS MAIS VELHOS E DAS CRIANÇAS, E O COLETIVO NÚCLEO ABRE UM ESPAÇO NÃO APENAS PARA A CULTURA DO POVO PRETO O QUE JÁ É FANTÁSTICO E NECESSÁRIO, MAS TAMBÉM ABRE ESPAÇO PARA O AMOR, PARA A JUVENTUDE SE ENCONTRAR E ENCANTAR NESSE LINDO ESPAÇO O ACONCHEGO E DIGNIDADE QUE PRECISAM PARA REALIZAR SEU SONHOS.

– E a Rádio e TV QUILOMBO,onde podemos encontrar o conteúdo produzidos pela juventude quilombola?

A TV QUILOMBO ESTÁ NO INSTAGRAM, FACEBOOK E CANAL NO YOUTUBE, E TEMOS TAMBÉM A MEDONHA, A NOSSA RÁDIO QUILOMBOLA 105.9 FM✊🏿 QUE NUM RAIO DE 15KM DO NOSSO QUILOMBO TRANSMITE PROGRAMAÇÃO DIÁRIA DE MUITA CULTURA NEGRA FEITA PELA COMUNIDADE E PARA A COMUNIDADE : 3 QUILOMBOS TITUALDOS E 3 COMUNIDADES NÃO QUILOMBOLAS.

Na programação outros movimentos culturais, iniciativas educativas, grupos de dança e teatro além do histórico das ações desenvolvidas pelo Coletivo.

Abertura ficou por conta do Dj Fabiano Sardinha artista da discotecagem em Codó e que que foi prestigiado por colegas de várias partes do Brasil. O grupo não esqueceu de homenagear a cultura e religião do terecô saudando Ogum orixá protetor do grupo.

Seguindo com as apresentações Orlando Matos e João Batista entoaram clássicos da MPB e afoxés que embalam as pastorais da Igreja Católica.O Movimento Hip Hop local se fez presente com a crew Expressão Urbana que é a organizadora da Batalha de Rima que acontece às segundas-feiras na Praça de São Sebastião.

A noite ainda contou com dança-teatro das peças NEGROS da Companhia de Artes TeAfro e OYÁ em parceria com Angels Dancers.

Como performance de dança Os Afro com muito Kuduru e ijexá animaram a noite.

Encerrando o encontro educativo e cultural Mano Robson contou músicas de sua autoria e Negro Drama do Racionais Mc’s.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade