sexta-feira, 12 de março de 2021

Desemprego no Maranhão atingiu 44,9% da população em 2020

Como resultado da crise econômico-sanitária provocada pela pandemia de covid-19, a taxa de desemprego no Brasil em 2020 bateu recordes em 19 das 27 unidades da Federação, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

No Maranhão a média anual chegou a 44,9%, deixando o estado ao lado da preocupante marca de outros companheiros nordestinos como Piauí (46,4%) e Alagoas (45,1%).

Já a média anual de informalidade no Estado chegou a 59%, perdendo apenas para o Pará, com 59,6%, e ficando à frente do Amazonas, este com 57,3%.

Na média nacional, a taxa de desocupação subiu de 11,9% em 2019 para o ápice de 13,5% em 2020, a maior da série iniciada em 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade