sábado, 26 de dezembro de 2020

ENTREVISTA – Dr. Mário Braga fala sobre onde vai trabalhar, reformas no HGM e sobre acolhimento de viciados em drogas

Em entrevista concedida ao repórter Jair Ribeiro o próximo secretário de Saúde de Codó, Dr. Mário Braga, falou sobre a estrutura do prédio onde hoje funciona a parte administrativa da secretaria na praça Alcebíades Silva, centro.

Disse que ele e sua equipe já tem a pretensão de trabalhar no prédio que fica em frente à Caixa Econômica Federal, na rua Afonso Pena (antigo prédio das promotorias de Justiça), enquanto o atual passa por reformas.

“É uma estrutura que tá bem deteriorada, com condições estruturais muito ruins, condições sanitárias também muito ruins e com condições ergonométricas também muito ruins, esses problemas serão corrigidos porque torna-se inviável um trabalho administrativo nestas condições , eu tenho a informação de que um outro prédio para o funcionamento da Secretaria de Saúde já está disponível que é aquele em frente à Caixa Econômica e nós iremos fazer as devidas adaptações dentro do programado, porém este prédio aqui precisa de uma intervenção mais rápida possível”, disse

SITUAÇÃO DO HGM/ CREDIBILIDADE

Jair também perguntou sobre o Hospital Geral Municipal. O médico garantiu que este  passará por reformas em seu prédio, mas não vai parar de funcionar.

Dr. Mário Braga disse que a intenção é resgatar  a credibilidade do HGM.

“Não terá descontinuidade dos trabalhos e em relação ao HGM mudanças estruturais, emergenciais já serão realizadas a partir de primeiro de janeiro, justamente para dar uma melhorada, melhorar um pouco porque, obviamente, inicialmente nós precisamos é manter a máquina administrativa  funcionando porque não pode parar, nem vai parar pra que nós possamos continuar com esse trabalho, mas o HGM também terá uma atenção especial como em relação ao centro cirúrgico, dar continuidade à reforma dos leitos, vai ter mudança estrutural em relação a alguns pontos do HGM porque, tendo em vista, que o hospital precisa resolver a sua demanda porque, pode se dizer, que é a referência do nosso município e nós precisamos, é o que?, resgatar a credibilidade do HGM”

SAÚDE MENTAL/ DROGAS

O tratamento para dependentes químicos (usuários de drogas) deve, segundo Mário Braga, receber melhor atenção que ele mesmo chamou de ‘especial’, com tratamento para quem desejar e remédios.

“Isso também será nossa prioridade, nós sabemos que nós temos uma população de dependentes químicos que são seres humanos, são pessoas, são entes queridos de seus familiares e nós iremos dar uma resposta imediata em relação a isso. Em relação ao CAPS AD lá da Cristóvão Colombo a gente sabe que desde o início ele teve dificuldades de funcionamento mas a expansão da estrutura de CAPS será uma expansão das estruturas, terá uma disponibilidade, por exemplo, de, no caso de alguns pacientes que precisem resgatar medicamentos na unidade de saúde básica nós teremos tudo isso de medicamentos, então é uma atenção especial e também até para tratamento que, obviamente, que queiram se submeter ao tratamento”, garantiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade