quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Adversários do candidato de Jefferson Portela são perseguidos por policiais descaracterizados em Dom Pedro

Aliados de Leonardo Paz tiveram os veículos revistados por supostos policiais

Desde o discurso do secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, no comício do candidato a prefeito Galego Mota, no último domingo (8), o clima anda tenso no município de Dom Pedro.

O titular da pasta de segurança se excedeu durante o ato político e disse que quem quiser roubar a eleição de Galego vai ser preso. Diante da fala autoritária, a defesa do candidato a prefeito Leonardo Paz denunciou Jefferson Portela à Polícia Federal e à Justiça Eleitoral, por suposta prática de abuso de poder.

Também foram denunciados: Galego Mota; seu vice na chapa, Lucyan Dias Rezende; e o capitão da Polícia Militar Adriano Leandro de Araújo. Os aliados de Leonardo Paz se sentiram intimidados diante do posicionamento de Jefferson Portela.

As batidas foram realizadas durante a madrugada

Na madrugada dessa quarta-feira (11), os aliados de Leonardo Paz foram alvos de abordagens arbitrárias realizadas pelos apoiadores de Galego Mota. De acordo com denúncias, homens armados, sem fardas e distintivos se diziam policiais e pararam vários adversários políticos.

Nas imagens abaixo, é possível ver que um homem de camisa preta abre o porta-malas do veículo branco, que pertence a um apoiador de Leonardo Paz. A defesa do candidato intimidado já havia pedido reforço policial à Polícia Federal e à Justiça Eleitoral, a fim de coibir essas práticas abusivas e ilegais no município de Dom Pedro.

Vamos aguardar as cenas do próximos capítulos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade