terça-feira, 29 de setembro de 2020

PM desvenda morte de Homem que foi esquartejado por causa de dívida de R$ 1.500 COROATÁ

POLÍCIAS DESVENDAM CRIME BÁRBARO EM COROATÁ

Policiais militares do 24ºBPM, em ação conjunta com a Polícia Civil de Coroatá, elucidaram um crime bárbaro ocorrido no município, nesta segunda-feira, 28, ao efetuarem a prisão em flagrante delito do acusado do homicídio de Alan Vieira, que foi brutalmente assassinado e esquartejado.

A Polícia Militar, após ser acionada por populares, que relataram o achado de membros humanos em um matagal no bairro Areal, encontrou, enroladas em uma sacola, duas pernas e dois antebraços, que aparentemente seriam de um jovem do sexo masculino.

Em operação conjunta, as polícias iniciaram as buscas no intuito de localizar os envolvidos no crime.

Após levantamento de informações, constatou-se que o jovem Alan Vieira estava desaparecido e que Jhonatan da Silva Sousa, de 21 anos, foi a última pessoa vista na companhia da vítima.

Após a apreensão do celular do acusado, Jhonatan não teve outra saída e confessou o crime, sendo também identificada a coautoria de sua esposa, D.F.C., de 16 anos, que ajudou na execução da vítima, morta com crueldade, e ocultação do seu cadáver. O crime foi cometido em razão de dívida de jogo de

aproximadamente R$1.500,00, que a vítima devia ao acusado.

Os conduzidos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Coroatá e encontram-se a disposição deste Órgão para os devidos procedimentos legais.

*Fonte: ASSCOM do 24º BPM*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade