sexta-feira, 19 de junho de 2020

DENÚNCIA de Domingos Reis leva POLÍCIA Federal a abrir inquérito para investigar diretor do HGM e prefeito de CODÓ

O vereador Domingos Reis protocolou na Polícia Federal sediada em Caxias uma notícia-crime contra licitações feitas entre a prefeitura de Codó e a ADM MÉDICA.
Um documento que vazou nas redes sociais, datado de 18/03/2020, mostra que a partir deste protocolo o delegado federal, Eduardo Alves Queiroz, mandou instaurar um inquérito para investigar a denúncia.

A suspeita é de direcionamento do processo licitatório para a empresa do diretor do HGM (Josué Júnior) como diz no documento da PF.
Os procedimentos neste caso são os de praxe –  o prefeito Francisco Nagib, o médico Josué Júnior e o representante legal da ADM MÉDICA  serão chamados a depor, assim como o vereador por ser o autor da notícia-crime.
Após colher depoimentos e provas ondelegsdonconclui o inquérito e o remete à Justiça Federal que, por sua vez, manda para o Ministério Público Federal decidir se oferece ou não a denúncia à Justiça.
Se o MPF oferecer a denúncia  (e só ele pode fazer isso), começa a fase judicial . Nesta, tudo é feito novamente (oitiva dos acusados, do autor, testemunhas, instrução das provas etc.).
Quando tudo terminar, sai a sentença de primeiro grau, se recorrida sobe para o TRIBUNAL Regional Federal , se recorrida sobe para Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade