sexta-feira, 26 de junho de 2020

COVID-19: COMÉRCIO PODERÁ SER FECHADO NOVAMENTE SE AUMENTAR OS CASOS, DIZ CARLOS LULA

A dois dias do início da reabertura de bares e restaurantes como parte da flexibilização de medidas contra o novo coronavírus no Maranhão, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, fez uma espécie de alerta aos empresários maranhenses. Segundo ele, as regras sanitárias definidas para os estabelecimentos devem ser seguidas à risca. Caso contrário, se o número de novos casos voltar a aumentar, é possível que haja novo fechamento. “Se voltarem a aumentar os casos, a gente vai ser obrigado a fechar”, afirmou o secretário, durante entrevista ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, referindo-se não apenas ao setor de bares e restaurantes, mas a todo o empresariado. Segundo ele, pelo menos por enquanto, ainda loja virtual não se percebeu o chamado “efeito rebote”, e o registro de novos casos da Ccovid-19 segue em queda no estado. Pelo calendário do Governo do Maranhão, bares e restaurantes reabrirão a partir de sábado (27), mas com uma série de restrições. “É importante: tem muita restrição. Vai voltar, mas já não vai voltar como era. Tem distância entre as mesas; tem capacidade máxima de estabelecimento, só vai ser metade; não vai ser permitida atração cultural que promova aglomeração. E posso dizer, também, não vai ser permitido self-service no retorno, nesse momento, porque é o tipo e atividade de restaurante que não nos dá segurança. E também não retomam, ainda, praças de alimentação de shopping”, concluiu. 

Fonte: Gilberto Léda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade